segunda-feira, 31 de agosto de 2015

O QUE É EUBIOSE? -


EUBIOSE (palavra grega de “eu” = bem, belo e “biose” = vida) se traduz em - “A arte de Bem Viver”, ou a “Ciência da Vida”, ou a “Sabedoria dos Deuses”. Ou ainda, a arte de viver de acordo com os princípios da Natureza, em perfeito equilíbrio e harmonia cósmica.

A Sociedade Brasileira de Eubiose foi fundada em São Lourenço (MG) há mais de sessenta anos por H. J. de Souza, paranormal iniciado na Índia. Ela é uma instituição de caráter cultural-espiritualista que tem por objetivo o aprimoramento físico, mental e emocional das pessoas. Como escola esotérica, tem por objetivo principal realizar a expansão da consciência através do conhecimento da vida, preparando o indivíduo para uma nova civilização. É de caráter secreto e só os que conseguem entrar para a Sociedade é que tem as informações. Segundo os eubióticos, só eles sabem o paradeiro do polêmico e procurado Cálice Sagrado do Santo Graal. Uma cópia em ouro estaria guardada no Templo de São Lourenço (MG).

Outro fato que a faz mais enigmática é afirmarem que só ela é a possuidora da Sabedoria Divina, a mesma que foi ensinada na Atlântida, Egito antigo e em algumas regiões do Oriente. Acredita na existência dos mundos subterrâneos – Agartha e Shamballah, lembrando que textos bíblicos fazem referências a esses mundos que teriam sido visitados pelo apóstolo Paulo desde onde dirigiu suas epístolas aos romanos. Dante Alighieri, um iniciado, teria tentado descrever esses mundos, no entanto a inquisição o levou a chamar a região de “inferno” que significa “mundos inferiores”. 

A Eubiose não é uma religião, mas uma escola que ministra os ensinamentos esotéricos. São praticados rituais com o objetivo de promover o equilíbrio necessário entre o corpo físico, o mental e o espiritual, a fim de preparar espiritual, material e culturalmente para a nova civilização através do estudo e da investigação do lado oculto da natureza. Procura desenvolver os poderes latentes, superiores do homem através do esforço pessoal e prática das mais nobres virtudes. 
O estudo básico é feito em quatro graus:
1º) Ênfase ao lado mental (origem e evolução das raças humanas, regras de vida, e uma parte da história oculta da formação da nação brasileira).
2º) o Emocional - novos comportamentos do estudante.
3º) Síntese do Mental e Emocional.
4º) Os Grandes Segredos - estudo de textos secretos que contém as chaves da história do homem e da humanidade, abrindo as portas para o despertar das faculdades latentes que permitem um desprendimento do mundo material. Segue uma fase "interna" com textos esotéricos mais profundos e complexos.

Segundo o Baghavad Gita “nós somos as únicas criaturas capazes de recrearmo-nos, para melhor ou para pior”. Cada um tem que fazer a sua parte, pois a infelicidade humana é apenas uma questão de desequilíbrio.

Nota: -‘O QUE É EUBIOSE?’ – é o resumo de artigo de autoria de  Italino Perufo publicado no vol. II do CEAG em 1988 – e que fez parte do Shvoong.com em 2009 ( visitas> 1376; avaliações 10)

sexta-feira, 28 de agosto de 2015

IDÉIAS – CRENÇAS E RELIGIÕES – (São Tomás de Aquino, Aristóteles, Platão e Sócrates).


Enquanto os teólogos debatem verdades religiosas, os grandes filósofos tentam compreender o nosso mundo físico, baseando na lógica a sua procura de conhecimento e certeza.

SÃO TOMÁS DE AQUINO – (1225 / 1274) – Filósofo e teólogo da Idade Média.  Foi ele quem compilou um sumário completo de todas as idéias importantes de sua época. Sofreu a influência de Aristóteles, cujas teorias adaptou à teologia cristã, argumentando que razão e fé são compatíveis. O resultado foi um conjunto coerente de crenças que ainda hoje são a base da filosofia católica.
-‘Não se opor ao erro é aprová-lo, não defender a verdade é negá-la’.

ARISTÓTELES – (384 / 322 A.C.) Por sua vez foi discípulo de Platão, mas desenvolveu suas idéias de maneira mais metódica e científica. Ele concebeu um sistema de pensamento que abrange a lógica, a ética, estética, metafísica, política e ciência que atualmente ainda  fazem parte do ensino filosófico. Seu método era analítico e sistemático questionando tudo, ao mesmo tempo em que procurava os princípios essenciais de cada área do conhecimento. Aristóteles foi preceptor de Alexandre o Grande, tornando-se personagem de prestígio político no mundo grego.

PLATÃO - (428 / 348 A.C.) -  considerado uma das figuras mais importantes da filosofia Ocidental, foi discípulo de Sócrates. Os escritos de Platão têm a forma de diálogos em que Sócrates conduz discussões e outros pensadores sobre assuntos como a Política, o Conhecimento e a  Metafísica. Platão é mais conhecido por sua teoria onde fala de abstrações (“formas” e “idéias”) como a Verdade e o Bem existentes num reino à parte do mundo físico. Ao contrário dos objetos materiais individuais que são percebidos com os sentidos, as “formas” e as “idéias” só podem ser apreendidos pela razão. Em sua “República”, Platão sugeriu que o Estado ideal seria aquele dirigido por um rei-filósofo.
-‘A punição que os bons sofrem quando se recusam a agir, é viver sob o governo dos maus. ’

SÓCRATES – (469 / 399 AC) – É considerado o pai da Filosofia Ocidental. Ele afirmou que a Virtude é o mesmo que o Conhecimento, e o Vício é o resultado da ignorância. Foi opositor à tirania política. Seus estudos -  especulações – correspondem aos diálogos (Dialética). Teve muitos discípulos.
-‘As pessoas precisam de três coisas: prudência no ânimo, silencio na língua e vergonha na cara’.


Filosofia – estudo que se caracteriza pela intenção de ampliar cada vez mais a compreensão da realidade, no sentido de apreendê-la em sua totalidade, seja pela busca da realidade capaz de abranger todas as outras (a Realidade Suprema, o Absoluto, a Causa, etc.), quer pela definição do pensamento capaz de responder à todas as perguntas – ( o que é a razão? – o conhecimento? – a consciência?, etc.) tornando o homem no tema de discussão. É o conjunto de doutrinas de uma determinada época ou país.

quinta-feira, 27 de agosto de 2015

GNOSE - SUFISMO - TAOISMO (Conceitos)



Gnose, Sufismo, Taoísmo - três áreas de expressão cultural de diferentes povos que procuram explicar como o homem entende sua relação com o divino. (Este pequeno texto fez parte o Shvoong.com - 2011)

GNOSE – É o saber por excelência, alta teologia, filosofia dos magos, gnosticismo.
O gnosticismo é o sistema lógico-filosófico cujos segui­dores diziam ter um conhecimento sublime da natureza e atributos de Deus.
Os dogmas básicos são a emanação, a queda, a redenção e a mediação, exercidas por inúmeras potencias místicas entre as divindades e o homem.
Entre as características dos gnósticos destacam-se tanto um dualismo absoluto de Deus-Mundo, Espírito-Matéria, Bem-Mal, ainda uma sequência de emanações do Deus transcendente e supremo a se desdobrar sobre o mundo da matéria e do mal. O homem que foi arrastado a essa luta entre o bem e o mal, a luz e as trevas, só pode ser salvo pelo conhecimento das reais interdependências das coisas.
Sua origem é dos primeiros séculos de nossa era e se di­versificava de acordo com as várias seitas visando conciliar todas as religiões e a explicar-lhes o sentido mais profundo.
Tomé foi ao Egito e pregou entre os Gnósticos, tendo dei­xado entre eles o resumo da Boa Nova de Jesus Cristo que conhecemos hoje como o Evangelho Segundo Tomé.

SUFISMO - O Sufismo é uma seita mística de origem islâmica, arábico-per­sa segundo a qual o espírito humano é uma emanação do divino, no qual se esforça por reintegrar-se.
Prevaleceu na Índia, a partir do século IX.
Os Sufistas insistem na crença de um estado de pureza, ilusões terrenas e pela consagração da alma aos prazeres celestiais.
As idéias básicas têm fundamento no Corão, mas também sofreram influencias do cristianismo, budismo e hinduísmo. Há práticas de ritos e tem uma hierarquia sacerdotal, um sistema monacal e um santuário dos santos reconhecidos pela seita.
A dança é um dos modos de elevação e meditação do Sufismo; como o Zen, se concentra em fugir do sentido vulgar dos conceitos para alcançar os níveis 5 e 6 da evolução interior.

TAOISMO  - Segundo os chineses, TAO é o princípio supremo, o CAMINHO, a forma pela qual tudo funciona.
Para os taoístas, natureza e espírito são uma coisa una.
Não se tem que renunciar à natureza e sim à individualidade do pró­prio ser. Quando se consegue realizar essa renúncia, a natureza se transformará milagrosamente na luz eterna do TAO. As coisas passam a ter outro sentido, pois, percebe-se então, a unidade de tudo o que existe.
A união do homem ao TAO, sintonizando em si esse princí­pio supremo, é que vai permitir ao homem libertar-se.
Ao contrário das filosofias e religiões proféticas oci­dentais que acreditam num

Deus dos homens (de Abraão, de Israel, de Jacó, etc.), os Orientais crêem num principio místico que nada tem a ver como Deus das religiões ocidentais. Mas é um principio do ser imutá­vel que é fonte de toda atividade, o Uno do qual tudo procede, ou seja: TAO = Caminho!

quarta-feira, 26 de agosto de 2015

JANELA DO MUNDO: O HOMEM, ESSE DESCONHECIDO, SE DEBRUÇA NA JANELA do Mundo E PROCURA SABEDORIA.

 

Se Freud, Jung e Adler* não resolverem seus problemas existenciais, não desanime. Você não é o único em busca de explicações sobre o porquê do por que... Talvez o subconsciente coletivo possa ter projetado na tela do mundo as respostas que você tanto busca.

- Já teve a curiosidade de perguntar às estrelas como é a vida lá nos espaços siderais? – Não se acanhe. Abra a janela do mundo e viaje no pensamento livre das peias e dos limites mundanos que lhe impuseram. Você é livre com asas para voar pelo desconhecido. Não precisa de chips ou de qualquer tipo de tecnologia.

A janela do mundo pode ser um painel negro com algumas luzes, ou lhe mostrar muitas luzes coloridas com um fundo escuro para realçar as belezas.

A moldura dessa gigantesca janela,  que nem sempre costumamos apreciar,  pode nos dar os limites da dimensão de nosso mundo ou representar uma aura de paz e harmonia que nos envolve e quase nunca a percebemos.

 

*Adler > (1870 – 1937) – médico e psicólogo, após romper com as teorias de Freud que dava muita ênfase à sexualidade, propôs a psicologia do desenvolvimento individual. Observa que, para alcançar os objetivos que incluem sucesso, notoriedade, sede de poder, o individuo ao se sentir inferiorizado, pode desenvolver psicoses e neuroses.

 O egoísmo e o individualismo são os maiores males que atingem uma sociedade. É preciso reagir de forma positiva, buscar novos valores, mudar os pontos de vista sobre conceitos arraigados, ser corajoso (a) e renunciar a  ideologias toscas, praticar de verdade e com devoção tudo aquilo em que diz acreditar, como por exemplo – ser Zen à moda Budista > implica em renúncia, devoção, superação de todos os desejos, crescimento espiritual, ter disciplina, etc.-  tudo seguindo o Agir pelo Não Agir – tal qual age o Universo.

A experiência em  vislumbrar novos horizontes é individual e intransferível.

Cultive o seu lado bom de ser.

Nota: - Cada povo tem sua forma de expressar sentimentos e crenças. No próximo texto apresentamos um resumo que fez parte do Shvoong.com (2011) sobre  Gnose, Sufismo, Taoísmo >  três áreas de expressão cultural de diferentes povos que procuram explicar como o homem entende sua relação com o divino, ou seja, o que descortinaram através da ‘janela do mundo’.

 

terça-feira, 25 de agosto de 2015

QUANDO SETEMBRO VIER TEREMOS CORTES DE MINISTÉRIOS... UM NOVO PARTIDO POLITICO À VISTA... FALA SÉRIO! NÃO SOU PESSIMISTA. DUQUE DE CAXIAS – O EXEMPLO QUE VEM DO PASSADO.


FALA SÉRIO (1) > REFORMA MINISTERIAL > O governo Dilma, na base do ensaio, acaba de anunciar que vai cortar 10 (dez)  Ministério e algumas Secretarias, cargos comissionados, etc... Diz a presidente em entrevista: ‘Queremos reduzir... achamos que... vamos passar todos os ministério a limpo...’
-  Quais? Quando? – quando Setembro vier, saberemos... Tudo continua no estilo do ‘amanhã’ (amanhã eu vou, amanhã... -  tal qual o cântico do curiango...  como se dizia lá no interior das pessoas pouco sérias nas promessas).

FALA SÉRIO (2) > PARTIDO NACIONAL CORINTIANO!!!! – deve ser piada de algum humorista de plantão. O mais grave de tudo é que Lula é corintiano e pode querer aproveitar a ‘boquinha’ em 2018 já que o PT sujou feio. 
Estrutura de um partido político: ‘O DONO’ do Partido – testa de ferro pronto para fazer conchavos, acordos, ‘negócios’ altamente rentáveis em nome de cargos e da governabilidade. O ego em primeiro lugar; os ‘Militantes’ – primeiro escalão pronto para aplaudir o chefe; são uma espécie de claque amestrada, sem escrúpulos, amor próprio ou medo do ridículo; a plebe fanática vem em terceiro lugar – prontos para defender a ‘causa’ que nem eles conhecem, mas o “chefe sabe do que está falando – mexeu com ele, mexeu comigo!”; a seguir  vem os ‘pau-mandado’ –(qualquer um serve) são  aqueles que aguentam carregar o pau da bandeira nas manifestações - movidos a sanduíche de mortadela e um ‘mata bicho’, que o sol também é quente na Paulista(!).

EVO MORALES FALOU: ‘_ ‘Não vamos permitir golpes de estado no Brasil nem na América Latina. Vamos defender as democracias e se for preciso vamos atacar com nossas forças armadas. Pessoalmente, nossa conduta vai defender Dilma  a presidente do Brasil, e o partido dos Trabalhadores’.(sic!) - Acerte o relógio presidente!

GOLPE DE GABINETE – A informação correta > Está em curso, sim, a possibilidade de um golpe nas instituições por parte dos bolivarianos e do foro de São Paulo. Alerta para não acordar com a corda no pescoço. Sob o pano e não muito discretamente, as manobras políticas no planalto são indícios claros do golpe em curso para salvar a pele e dar sobrevida ao governo sem o apoio dos cidadãos de bem que trabalham.

PESSIMISMO & REALISMO – não sou pessimista. Na verdade o que está difícil é ser otimista; portanto eu sou realista... Quando o então recém eleito presidente Lula assumiu o cargo, embora eu não tivesse votado nele, acreditei que ele poderia fazer um bom governo. A primeira decepção veio quando em vez de se dedicar ao país começou a viajar pelo mundo como colegial de férias visitando de saída todos os ditadores da vez. Perdi as esperanças; aí está o resultado. Mas, para tudo há um jeito; vai dar um trabalhão danado fazer a faxina necessária no país.  

A vida no planeta Terra continua... E no Brasil também. Setembro vem aí! A presidenta diz que foi surpreendida pelo envolvimento do PT no Petrolão e promete ressarcir os prejuízos causados ao país!!! É difícil acreditar, mas vamos fazer de conta que ela não sabia de nada.

E hoje é dia 25/08 >  Dia do Soldado. Luiz Alves de Lima e Silva patrono do Exército Brasileiro – Ou Duque de Caxias, o ‘Pacificador’ –  foi militar, político e pacifista; teve papel fundamental nas lutas pela Independência. Sem dúvida um nome que honrou sua Pátria e um exemplo para nossa juventude sem referencias.

segunda-feira, 24 de agosto de 2015

A HORA E A VEZ DA MÚSICA > A BOSSA NOVA – JOÃO GILBERTO – TOM JOBIM – VINICIUS DE MORAIS – E A JOVEM GUARDA – MEIO SÉCULO DE ALEGRIA E BOM HUMOR


A “Bossa Nova” foi um movimento musical que ocorreu no Brasil no final da década de 1950 e começo dos anos de 1960. Caracterizou-se por um novo enfoque do tema musical, o samba, em que a sua interpretação adquiriu uma sofisticação na harmonia e na melodia. O novo samba passou a incorporar influências do jazz cool* e das harmonizações da música impressionista francesa. O festival promovido no Carnigie Hall deu à Bossa Nova uma visibilidade internacional. Três personagens se destacaram no novo conceito musical brasileiro: o compositor Antonio Carlos (Tom) Jobim; o cantor e violonista João Gilberto cujas apresentações eram intimistas, próprias do intérprete; e, Vinicius de Morais, o principal letrista do movimento.

João Gilberto teve um papel de destaque na Bossa Nova pela interpretação sofisticada e inovadora do samba, com acompanhamento sincopado ao violão bastante diferente do usual. Extremamente exigente com as condições acústicas dos locais de apresentação, chega a cancelar o show por não aceitar tocar e cantar onde não houver um padrão adequado para que os temas programados  sejam executados. A gravação em 1958 do disco “Chega de Saudade” deu-lhe fama e destaque no estilo ‘bossa nova’.
Tom Jobim (1927-1994) – compositor popular brasileiro tornou-se conhecido internacionalmente como arranjador, regente e pianista. Foi ele que introduziu a sofisticação musical do jazz e do impressionismo francês no samba brasileiro em sua nova forma musical. Composições de destaque: “Samba de uma nota só” em parceria com N. Mendonça; “Desafinado” – uma espécie de hino ao movimento musical da bossa nova. Seu principal parceiro foi Vinícius de Moraes em composições como: “Se Todos Fossem Iguais a Você” escrito para o musical “Orfeu da Conceição” apresentado no Teatro Municipal do Rio de Janeiro. “Garota de Ipanema”- outra composição sua, a qual  lhe rendeu um convite de Frank Sinatra para se apresentarem juntos nos EEUU dando início à sua carreira internacional. Este tema é um dos mais gravados de todos os tempos; de início “Garota de Ipanema”, que era apenas mais uma música para elogios às belezas da vida à beira das praias cariocas, tornou-se a canção emblema da bossa nova, pois refletia o caráter do movimento musical que celebrava o viver com alegria e sem preocupações. Deixou um acervo musical de importância, cuja interpretação ficou a cargo de diversos artistas  entre eles um grupo formado pelo seu filho Paulo Jobim (violão), Jacques Morelembaum (violoncelista) Danilo Caymmi (flautista) e um grupo de vozes femininas incluindo sua esposa Ana Jobim.
*Jazz Cool – Jazz é um estilo musical criado pelos negros americanos em nova Orleans no início do século XX. O “cool jazz” é um movimento mais ligeiro que foi lançado por Mile Davis, na época.

A JOVEM GUARDA > surgiu no embalo do ‘ie...ie...ie’ introduzindo a guitarra barulhenta em contraponto com o piano e o violão da ‘bossa nova’, nos anos de 1960 e 1970. Um grupo de jovens cantores liderados pela dupla Roberto Carlos (O Rei ) e Erasmo Carlos (o Tremendão) deu um novo impulso a musica brasileira que conquistou milhares de fãs graças ao seu espírito juvenil e bem humorado. Entre o sério romântico e o bem humorado e alegre ritmo musical  apresentavam seus shows em clubes, em rádios para auditórios lotados e em apresentações na nascente televisão. A revista do rádio promovia concursos para eleger o ‘Rei’ e a ‘Rainha’ entre os alegres jovens cantores. Além do Roberto Carlos e Erasmo Carlos muitos outros nomes como  Vanderleia, Vanusa, Antonio Marcos, Jerry Adriani, Ronie Von, Vanderlei Cardoso, Martinha, etc. se destacaram e marcaram uma época musical, revolucionaram o estilo e conquistaram um público que ainda hoje canta suas músicas meio século após. O grupo foi considerado alienado por não se envolver em temas políticos ideológicos; faziam música pela alegria de cantar.
 Bons tempos quando a música falava do lado bonito da nossa juventude com as belas melodias da Bossa Nova e com a alegria da Jovem Guarda.

Outros movimentos musicais da época: MPB, Tropicália, Novos Baianos. 

sexta-feira, 21 de agosto de 2015

PROBLEMAS PSICOLÓGICOS SE RESOLVEM NO DIVÃ – CORRUPÇÃO, ABUSO DE PODER, DESRESPEITO À ORDEM DEMOCRÁTICA, NA JUSTIÇA.


       
O país passa por grave crise econômica e política em decorrência da corrupção, do abuso do poder, do desrespeito à ordem democrática, da manipulação dos fatos históricos, com constantes manifestações neuróticas de pessoas que ocupam cargos na República.

A recente fala de um psiquiatra em relação ao comportamento de representantes do governo no constante discurso do ódio, do confronto, da desconstrução do outro, da lamentação pelos sofrimentos na infância, no exílio,  durante a ditadura, etc., chamou minha atenção. Disse ele que certos problemas comportamentais se resolvem num divã.
- Seria o caso de começar a encaminhar aqueles que sofrem de alguma forma de perturbação do ID, do Ego, do Superego (as três partes da personalidade humana) para uma terapia? - (ID >  (primitivo, inconsciente) -  energia psicológica que visa a satisfação das necessidades básicas biológicas (fome, sede, sexo) vivem em conflito com o EGO (lado racional)  reprimido e o Superego ou consciência)
Parece que enquanto o ID, o Ego e o SUPEREGO  dos personagens em questão, continuarem em crise e não se entenderem, ficaremos com uma agenda ensaiada de pantomimas / e memes de personagens  em crise existencial perene...  

 - ‘Manha’ – a arte de ser infeliz tem cura? – A Sofrologia foi uma das terapias alternativas dos anos 60 para tratar dos problemas psicológicos liberando tensões, stress, dores físicas com a finalidade de equilibrar o sistema nervoso conseguindo assim a harmonia entre a mente e o corpo. Ou, o estudo da consciência em equilíbrio através da mente onde todos os sofrimentos reais e imaginários são exaustivamente trabalhados até esgotá-los.

Estudei psicologia educacional como disciplina indispensável para exercer a profissão de professora. Conhecer a si próprio deve ser o principal objetivo deste estudo, para depois poder avaliar o comportamento alheio. Cansei de ver ‘encenações’ não só de crianças, mas também de adultos que, para fugir de responsabilidades e ou não sair de sua zona de conforto,  apelavam para ‘crises’ as mais variadas, desde as existenciais, às de fuga da realidade, passando por chiliques, choro e desmaios. Em alguns casos era verdadeiro meio de vida – pura ‘manha’  premeditada desavergonhadamente, ou  artimanhas  onde o ataque ao  outro era usado como uma forma de  defesa mesmo que não tivesse sofrido agressão.

Nos anos 80 estudei os movimentos alternativos onde a New Age tentava ditar uma agenda comportamental dentro de um novo conceito de vida e  o materialismo moderno deveria ser substituído por valores espirituais – abrangia o conhecimento e a prática de religiões orientais, psicologia, astrologia, ocultismo, questões ambientais, medicinas alternativas, vida junto à natureza, ufologia,  etc.

Havia de tudo nesse meio alternativo incluindo os ‘coitadinhos’ oportunistas prontos a usufruir das benesses do coletivo sem ter que assumir  compromissos. Ou seja, não é exclusividade dos dias de  hoje a  existência dos tais grupos sociais praticando a arte de serem infelizes  cobrando da sociedade direitos sem oferecer uma contrapartida de benefícios para o coletivo.

Que mal pergunte - qual é mesmo a contrapartida oferecida pelos ditos movimentos sociais que vivem à sombra de governos populistas, como todos aqueles que ontem se apresentaram nas ruas em defesa da corrupção?


O DIVÃ  NÃO CURA TUDO > Somos uma espécie cujas origens e evolução conhecida tem raízes num passado remoto que deixou seus registros no DNA -  incluindo aquele que foi doado no momento da Criação - e no inconsciente coletivo ( parte da mente cujos pensamentos e processos não são conhecidos pela mente consciente). O inconsciente coletivo conteria a memória ancestral comum a todas as pessoas.

A ciência médica tem muitos caminhos para resolver conflitos de ordem psicológica, porém há os matreiros de plantão que driblam a vigilância e abusam do direito de questionar situações em beneficio próprio.

 Os comportamentos ‘ditos normais’  incluem atos falhos, pequenas manias, distorção dos fatos, mentirinhas, encenações teatrais, criancices, manhas, etc., que não causam danos a ninguém. Porém, o que ocorre atualmente no país, já extrapolou os limites e  pode esconder uma esquizofrenia, uma neurose maníaco-depressiva, uma psicose, um desequilíbrio mental por traumas e/ ou uso de álcool, drogas e outros vícios que podem comprometer não só a saúde do individuo em questão, como  a vida familiar, social e até política da Nação. Neste caso cabe à  Justiça cumprir seu papel para coibir a prática abusiva  da mentira, da corrupção, da intimidação, da violência que podem comprometer a ordem e a segurança nacional.
Não podemos nos intimidar com a prática da projeção no outro dos medos, problemas e neuroses que eles vivenciam.

>>>>>>>>>>>>>>>>>>> 

Nota: - A seguir, destaque para três eminentes personalidades que estudaram  o comportamento humano:

Freud, S.  > (1856 – 1939) > influente neurologista vienense, fundador da Psicanálise. Após praticar medicina geral interessou-se pela saúde mental e investigou a mente subconsciente através da hipnose, da análise dos sonhos, das recordações de infância  e da Livre Associação dando ênfase à sexualidade. - ‘O falso é às vezes a verdade de cabeça para baixo’ (S. Freud).

JUNG, C. G, > (1875 – 1961) – psicólogo suíço desenvolveu teorias próprias, rejeitando a ênfase dada por Freud na sexualidade  como motor humano fundamental. Ele procurava entender a mente inconsciente pela análise do profundo  simbolismo das experiências religiosas, dos mitos, dos sonhos,. Muitos desses símbolos são originários do Inconsciente coletivo humano que ele acreditava ser composto por Arquétipos (idéias e valores inconscientes herdados). Classificou as pessoas segundo a personalidade em introvertidos e extrovertidos e identificou a existência de um traço feminino  nos homens (anima) e um traço masculino nas mulheres (animus).
Uma parte da psicoterapia de Jung que tentou dar um sentido de harmonia entre paciente e a raça humana influenciou muitos grupos da New Age.


Skinner, B.F > (1904 – 1990) – psicólogo americano que concluiu que a maioria do comportamento humano e animal é aprendido através do processo de tentativas e erros. Sua teoria sobre os ‘Condicionamentos operantes’ afirma que os homens e os animais repetem as ações que lhes trazem recompensas – ‘reforço positivo’ – e evitam práticas pelas quais são punidos – ‘reforço negativo’. Ele sugeriu que esses métodos poderiam ser usados para modificar comportamentos e, controversamente, para resolver os problemas sociais e políticos.

quinta-feira, 20 de agosto de 2015

SOLILÓQUIOS COM DEUS – (Fala Agostinho)


- ‘Quanto mais se sabe, mais se sofre’ - Agostinho – o homem do mundo,  busca respostas definitivas que dessem sentido à sua própria problemática existencial. Ele vivia em um mundo que se transformava e queria respostas.

- ‘Ó Deus, conheça eu a mim, para que te conheça a ti’. (Deus, noverim me, ut noverim ti).
A evolução ascensional de Agostinho culmina em autoconhecimento e auto-realização, ou seja, culmina na compreensão das palavras do Cristo: ‘Eu e o Pai somos um... o Pais está em mim... o Pai também está em vós..’

           Pergunta Agostinho: - Deus, onde estavas quando eu vivia nos meus pecados? 
Deus responde: - Eu estava no meio do teu coração.
Replica Agostinho: - Como podias tu, a Infinita Santidade estar no meio do coração do maior pecador?
E Deus responde: - Agostinho, eu estava sempre presente em ti, mas tu andavas ausente de mim’.
 Moral: - O pecado não consiste na ausência de Deus, mas na inconsciência da sua presença por parte do homem.

SOLILÓQUIOS:
- ‘Ó Verdade, em ti está a Eternidade!
- ‘Ó Amor, em ti está a Verdade!’
- ‘Ó Eternidade, em ti está o Amor!
E foi assim que, sem que eu o soubesse, me curaste a cabeça enferma... Fechaste-me os olhos para que não contemplassem vaidades...
Tive então um pouco de sossego distante de mim mesmo. Adormeceu  a minha loucura...

- “Eis que tu estavas dentro do meu coração  - eu porém, andava fora , e lá fora te buscava...”  ... ‘ E, então me chamaste em altas vozes e rompestes a minha surdez. Relampejaste e afugentaste a minha cegueira. Recendeste suaves perfumes em torno de mim, e eu os sorvia – e agora vivo a suspirar por ti...’ - “Saboreei-te  e agora tenho fome de ti.”


Nota: - Agostinho nasceu em Tagaste, Numídia  na África em 345 logo após Constantino promulgar o Édito de Milão, tornando o cristianismo religião oficial do Império Romano Ocidental e, em 28-08-430 falece aos 76 anos, quando a África mergulhava no poder dos vândalos sob o comando de Genserico que, deixando a península Ibérica, invadiu as províncias romanas do norte da África. (citações > Biografia – Agostinho > H. Rohden- F. Alvorada)

quarta-feira, 19 de agosto de 2015

ORAÇÃO AO ANJO DA GRATIDÃO

 

ORAÇÃO AO ANJO DA GRATIDÃO

– ‘Nada temos a pedir. Só temos a agradecer... ’ – máxima tão simples e verdadeira, porém pouco  praticada.


- Ó meu Anjo da Gratidão, contigo quero aprender a agradecer por tudo o que tive, tenho e terei. Sou grata, Senhor, por todas as experiências – boas ou más – pois, como lições preciosas,  elas enriqueceram meu viver. Sou grata pela vida, pelas oportunidades, mesmo aquelas que eu não soube aproveitar. Sou grata pela luz que ilumina os caminhos de minha vida e guia meus passos, mesmo quando contraria meus desejos. Sou grata por poder, neste momento, contar contigo e poder expressar meus sentimentos.  Bendito seja o momento em que aprendi a agradecer. Agradecer pelo pão, pela paz, pela harmonia, pelas amizades, pelas belezas da vida, pelas riquezas do saber, pela infinita sabedoria divina que dia e noite vela por todos nós. Obrigada, meu bom Anjo da Gratidão por poder desfrutar desta multiplicidade de experiências enriquecedoras.  E, quando nossas mãos e nossa mente se unem prazerosamente em novas experiências , e tudo flui em harmonia, temos a certeza de estar cumprindo uma missão importante, pois tua presença nos inspira e abençoa.  Amém!

terça-feira, 18 de agosto de 2015

A ALIMENTAÇÃO > UM PRESENTE DO UNIVERSO > A DIETA PADRÃO IDEAL. É A NATURAL


           
- ‘Todo alimento é um presente do universo, e o espírito com que se come é mais importante que o tipo de alimento que é comido’ (Buda).
           
No Universo tudo está em correspondência dinâmica e se reflete na vida humana e sua relação com a natureza. Para um bom funcionamento orgânico e harmonioso é possível estabelecer a devida correspondência entre a dinâmica da vida humana e o meio em que vivemos rodeados de seres vivos > as plantas.
            Cada povo com seu uso, cada roca com seu fuso, diz o ditado. Na alimentação não é diferente. Cada povo teve nas origens um único alimento básico que diferia de acordo com o clima e a geografia – em geral grãos (arroz, milho, trigo, cevada) - do qual dependia para sobreviver, e, ao qual eram agregados outros produtos sazonais. No Oriente havia o arroz ou o painço; no Oriente Médio a cevada ou o trigo; na Europa a aveia e o centeio; na Rússia o trigo sarraceno; nas Américas o milho. Esses alimentos eram suplementados com feijões. Legumes, nozes, sementes, hortaliças, frutas, algas marinhas, pequenas porções de peixes. O ser humano sabia ser grato aos deuses que lhe enviavam o ‘maná’ para seu sustento diário.
            As constantes movimentações horizontais de populações – migrações naturais, invasões e guerras de conquistas, levaram a uma mistura de hábitos alimentares o que obrigou a adaptações pouco saudáveis na maior parte das vezes. A adoção de alimentos altamente processados e o uso de produtos químicos no seu preparo,  teve como consequências o aparecimento de doenças cada vez mais graves.
Por milhares de anos a humanidade viveu em estado de equilíbrio com seu ambiente, sem necessidade de contar as calorias ou tomar suplementos vitamínicos; hoje há uma neurose de contagem de calorias, carboidratos, proteínas, gorduras, vitaminas e sais minerais. Os efeitos não são os desejáveis para uma boa saúde.
Explicando cada um dos elementos:

CALORIAS > a ingestão de calorias (açúcares e farinhas refinadas) gera a obesidade, pois é consumido o dobro do necessário. Como o organismo metaboliza mais rapidamente alguns alimentos que outros, os açúcares, por exemplo, roubam outros nutrientes do organismo causando aquela sensação de fome; isso leva à superalimentação porque o organismo está reclamando os nutrientes apropriados.

CARBOIDRATOS > nesta categoria não se diferenciam entre os açúcares naturais dos alimentos integrais e a sacarose refinada. Nem entre os monóxidos ou sacarídeos encontrados nas frutas, na cana, no leite, e os polissacarídeos dos grãos, feijões e vegetais.

PROTEÍNAS > Há um constante intercambio entre proteínas, gorduras, e carboidratos no corpo. A proporção média entre proteína para a formação do corpo ao longo do tempo é de uma parte e de sete partes de carboidratos para fornecer energia. A supervalorização das proteínas fez com que aumente o consume de carne e de laticínios para cumprir esse intercambio, sobrecarregando o organismo.

GORDURAS > O excesso de proteínas e carboidratos é convertido em gordura e armazenado no corpo para conversão em energia útil. As gorduras insaturadas dos grãos, sementes, nozes, frutas, vegetais, produzem um metabolismo mais homogêneo, ao contrário do consumo de ovos, carnes, aves, queijos e derivados, os quais se acumulam sem assimilação suficiente.

VITAMINAS > são os catalisadores da digestão e estão  nos alimentos naturais integrais, nas folhas, algas marinhas, leite, sais minerais.

CORPO HUMANO > UM PEQUENO LABORATÓRIO!
As dietas funcionam como um processo natural de transmutar os alimentos mais simples em todos os nutrientes necessários, quando deixados ao natural. O aparelho digestivo é o nosso laboratório. É por isso, graças ao seu poder de elaboração que o boi, por exemplo, só se alimenta de capim e daí retira todos os nutrientes, vitaminas, proteínas, necessários...

            Hoje o desperdício e a destruição do que é produzido é um desrespeito para com as dádivas recebidas em forma de alimentos. A ‘multiplicação dos pães’ em vez de criar a reverencia pelas dádivas recebidas gerou a cultura do desperdício. A glutonaria  dos sofisticados cardápios que mesclam ingredientes exóticos, por um lado satisfazem o paladar e, por outro, causam danos os organismo, muitas vezes irreversíveis.

Qual a dieta ideal? – é aquela que nutre com sabor natural de maneira simples e racional. Ou seja, seguir o ensinamento da Natureza:  - ‘A Natureza deleita-se com a dieta mais comum e simples, menos o homem, alimenta-se de um prato único’. (Joseph Addison)

segunda-feira, 17 de agosto de 2015

O RECADO DAS RUAS – CLARO E DIRETO – O POVO QUER RESPEITO ÀS LEIS E À NAÇÃO BRASILEIRA.



         Quantas pessoas estiveram nas manifestações ontem pelo Brasil afora? Os números divulgados não refletem a realidade, pois milhares de cidadãos que não foram para a rua ontem pensam exatamente como aqueles que compareceram às manifestações.

A crise de representatividade é real. Esse governo que aí está perdeu a credibilidade; ele não representa o povo. Foi constituído à moda do velho caudilhismo* que dominou na América Latina e que insiste em ressurgir.

Na história do continente temos muitos exemplos de políticos que conquistavam o poder em nome da “liberdade” e  o conservavam por meio da ditadura; faziam de tudo para permanecer no poder – tornavam-se Caudilhos*. Nas palavras de Oliveira Lima “o que avulta de mais importante na psicologia dos caudilhos é que sendo invariavelmente constitucionais na oposição, ficam déspotas logo que galgam o poder”.

            Venezuela, Bolívia, Cuba, Equador, etc., trilham pelos tortuosos caminhos ditatoriais (caudilhistas) no vale tudo de mudanças das leis conforme o interesse de quem se instala no poder – os últimos governos no Brasil têm adotado uma linha semelhante, em particular nas últimas décadas. As manobras para permanecer no poder vão das ‘reformas administrativas’ desde 1991, por exemplo, em que foram ampliando os benefícios com cargos e agrados aos aliados do governo, até ao uso da máquina estatal em benéfico próprio como o Mensalão e o Petrolão investigado pela  operação Lava Jato.

            Os pedidos de impeachment, anulação das eleições, ou renúncia são um desabafo claro do descontentamento a que se chegou contra o governo que já não governa. A Nação brasileira não pode permanecer à mercê de um impasse político, sob pena de agravar a situação já delicada.

            É preciso uma mudança radical nas regras para limitar o poder do governo central e coibir a tirania de governantes incompetentes. Para tal, basta descentralizar o poder, dando mais autonomia aos Estados e Municípios.

Descentralizar o poder! Acabar com o monopólio dos cofres públicos nas mãos do governo central. Cada Estado tem riquezas para ser auto-suficiente e participar da economia do país num livre comércio nacional, inter-regional e interestadual – e, por tabela, internacional.

 Um pacto federativo para reorganizar a nação brasileira e libertar-se dos candidatos a ditadores / caudilhos é a solução viável, democrática, responsável. Somos 27 unidades federativas > o que equivale a uma União Européia.

Não basta trocar o comando central. É preciso retirar de suas mãos o controle da economia – que  acabou por contaminar todos os setores da nação.

O recado das ruas foi dado de forma pacífica e honesta. Chegou a hora de abrir um novo capítulo na história do Brasil, encerrando o ciclo vicioso do poder corrupto e incompetente.

*CAUDILHISMO - forma de ditadura que predominou na América Latina.

Caudilho = chefe militar ou civil; espécie de “mandachuva”; chefe.

domingo, 16 de agosto de 2015

MOMENTO CÍVICO POR UM BRASIL NOVO

NÃO IMPORTA O NÚMERO DE MANIFESTANTES QUE ESTIVEREM HOJE NAS RUAS DO BRASIL.


IMPORTA O RESPEITO QUE CADA UM TEM PARA COM SUA PÁTRIA!

AVANTE BRASIL!





DIA 16 - 08- 2015 - SANTO DO DIA 'SÃO ROQUE'-

DIA DE CURAR O PAÍS DOS MALES QUE O AFLIGEM.

sexta-feira, 14 de agosto de 2015

DEUS, O CRIADOR & O HOMEM, SUA CRIATURA > JUÍZO! NÃO FAÇAS AO OUTRO O QUE NÃO QUERES PARA TI. A LEI é a de Respeitar para ser Respeitado...



Não devemos falar seu nome em vão. Não devemos jurar em seu nome. Somos criaturas Suas com qualidades/virtudes e muitos defeitos também. Um espelho do mundo macro refletido no microcosmo do planeta Terra.

Aprendemos a ver na figura do Criador uma imagem, a do  bom velhinho de longas barbas brancas, o pai – avô de todos nós, vivendo num lugar qualquer acima das nuvens. Também a figura do autoritário e exigente pai que pune os que cometem pecados, mas sempre pronto a perdoar nossos erros...

Outra imagem surgiu um dia: - o do grande Mágico do Universo, bem humorado, que gosta de passear e brincar de acender e apagar estrelas.

Outro dia ouvi dizer que ELE gosta de histórias e Amor. Por isso é que ELE criou o homem > uma Criatura especial – à Sua imagem e semelhança.

Muito otimista, colocou em sua guarda os Anjos – entidades um pouco menores que a Criatura humana – mas não lhe deu asas para voar; isso gerou ciúmes entre o céu e a terra. Porém deixou ao critério de sua Criatura, o homem, alçar seus próprios vôos.

Magnânimo, concedeu à Sua Criatura Inteligência, Dons, Habilidades e  a dádiva da Liberdade.

Como bom jogador, propôs muitos caminhos colando setas claras indicando múltiplos Caminhos em inúmeras encruzilhadas convidativas, com muitos atrativos para testar a Inteligência e a capacidade de discernimento de cada Criatura.  

Como bom professor, deu à Criatura o Livre arbítrio de escolher seus caminhos,  deixando em aberto ir e voltar se a escolha inicial não resultasse em satisfação plena.

ELE é um Sábio. E, na sua infinita sabedoria, não deu à Criatura o dom da imortalidade física > ‘és pó, ao pó tornarás... ’

Deixou uma charada para cada um resolver durante sua curta vida nesta experiência sideral: - encontrar a fórmula mágica para libertar-se do pó, alçar vôos, seguindo o Caminho do Meio, usando a Inteligência com habilidade e, assim, libertar-se da teia da Vida menor egoísta, de vaidades, de confronto e, sem perder a vida, entrar numa outra VIDA plena e realmente feliz.

O jogo está jogado. Que cada um encontre a melhor forma de cumprir sua tarefa que pode ser penosa ou agradável. A escolha está nos caminhos que se bifurcam à nossa frente: Paz, harmonia, Amor, desprendimento, fraternidade... ou o ódio, o confronto, a intolerância, a violência,  agressão física ou psicológica, a mentira, a amoralidade...

Para que ninguém se perca nos tortuosos caminhos ELE deixou no recôndito de cada ser, uma voz chamada Consciência  a segredar o tempo todo: - JUÍZO! Não faças ao outro o que não queres para ti. Respeitar para ser respeitado vale para todos. Inclusive para aqueles que não creem NELE.
ELE sabe ler os corações...

-‘O homem abre o caminho da vida com o poder da mente e constrói para si um destino condizente com seus pensamentos. Portanto é importante viver com a mente alegre, vendo o lado positivo da vida’. Sem esquecer-se de ter JUÍZO!

-‘ A hora mais escura da noite é o prenúncio do alvorecer. Nos dias sombrios do inverno, prosseguem incessantemente os preparativos para a primavera’. Até a natureza tem JUÍZO!

quinta-feira, 13 de agosto de 2015

CURSO DE PULSOLOGIA CHINESA –TIBETANA – AYURVEDICA E COREANA - (M. Sanchez )


Precisamos mesmo de tantas máquinas e tecnologia para saber como vai a saúde de uma pessoa? É o que vamos descobrir ao conhecer a técnica utilizada pela milenar ciência chinesa da ‘leitura pelo pulso’, através do estudo realizado pelo autor do livro “Curso de Pulsologia Chinesa – Tibetana, Ayurvédica e Coreana” (Mário Sanchez). O texto é acompanhado de ilustrações.
Com o objetivo de Saber, Informar divulgando, saber como é de fato, sem diplomas ou títulos, o autor, no prefácio da 1ª Ed. relata sua experiência e aprendizado por mais de 20 anos de uso, testando e descobrindo informações sobre os pontos utilizados pelo método chinês, ayuriveda e tibetano. Faz uma homenagem ao prof., doutor e Acupunturista Friedrich J. Spaeth cujos estudos de Pulso vieram a ter às suas mãos, contribuindo assim para fundamentar os conhecimentos divulgados nesta obra.
Conhecendo Anatomia, Fisiologia, Citologia e Patologia Clínica, o autor utiliza a Pulsologia apenas para Diagnosticar, traduzindo o toque sensorial dos pulsos em termos de diagnose médica. Informa que seu trabalho de Diagnose é de pesquisa e desafio, não como clínica médica.
Prossegue explicando sobre a relação entre os elementos (Terra, Fogo, Água, Ar (metal) e Madeira) e os diferentes meridianos e respectivos órgãos, conforme a antiga ciência oriental (Yin-yang).  Através dos pontos diagnósticos, os Pulsos Periféricos e os Pulsos Reveladores de pulsação era possível a prescrição e o tratamento adequado. Fala do Dr. Wu Wang, da linha coreana e das terapias Ayuriveda, o moxabustão, Do-IN, Shiatsu e Acupuntura.
Conclui que  Pulsologia  (ler os pulsos) é o diagnóstico mais seguro para qualquer médico... A velocidade e a objetividade do Diagnóstico asseguram providências mais rápidas e acertadas. No item 4 por exemplo, apresenta um depoimento em que ele e o amigo acupunturista Daniel Berestinas atendem a um caso diagnosticado como câncer e que a análise pelo pulso acusa uma hepatite residual de 25 anos.
No item 4.2 tem início o curso de treinamento em 12 lições detalhadas para quem quiser começar um treinamento de diagnóstico pelo pulso. Acompanham ilustrações e quadros sobre os pulsos radiais. No item 5 apresenta diversos diagnósticos realizados durante um Curso de Alimentação e Diagnóstico natural para médicos; incluem arritmia cardíaca, pedras no rim, hepatite B residual, úlcera, gastrite, lesão cerebral, diabetes, etc.Cita outros autores e seus trabalhos na área.
 No capitulo “Ensaio sobre os Pulsos” de H. Fouquet apresenta as sete regras para tocar os pulsos. No texto sobre “L’Acuponture Chinoise” de George S. Morant fala das muitas acupunturas para o diagnóstico e tratamento, estabelecendo um histórico sobre a evolução das teorias iniciadas na China e difundidas para o Japão e Europa.
Citações diversas em “O Diagnóstico pelos Pulsos Radiais” ilustram a complexidade do assunto que exige um observador atento e disposto a um treinamento prático de alguns anos compensados por um resultado preciso que poderá servir pelo menos como um complemento de Diagnóstico.
No item 9 apresenta o trabalho de Encarnación Alvarez licenciada em Medicina e Cirurgia que se dedicou à Acupuntura pois a Medicina alopática não solucionara seu problema de saúde - uma anemia, curada com a Acupuntura. "Queria nada mais, nada menos do que encontrar uma explicação fisiológica para tão surpreendentes resultados."

Na sinopse reafirma a importância da prática no toque dos pulsos para conferir na prática a teoria da circulação energética entre os órgãos. Lança um convite a estudiosos para observarem e aprenderem a conhecer antes que as doenças ocorram. Diagnóstico pelo pulso como prevenção, esta seria a verdadeira medicina, pois o pulso sempre será o PULSO.

quarta-feira, 12 de agosto de 2015

VERDADE, TOLERÂNCIA, RESPEITO À PÁTRIA E À DIGNIDADE HUMANA = DEMOCRACIA.

A Democracia tem a sua  base moral na Verdade, na Tolerância, na Liberdade e no Respeito à Dignidade Humana. A moral humana deve estar na base da segurança mundial e o impulso para esta nova moral tem que emanar de agentes não públicos. Cada indivíduo é um ser pensante capaz de viver sem coleiras ou chips de controle impostas por tecnocratas.

A história que não dá para esconder, nem para esquecer ressurge com força no país que foi mergulhado numa grave crise pelo desgoverno do PT e seus aliados, nesta última década, sob a benevolência das oposições.

O populismo  do governo Lula que encantou uma parte da população brasileira com seus programas sociais, na verdade ocultava uma corja de militantes que simplesmente mudaram de tática para dominar a Nação brasileira. Do uso da força, para a do convencimento. O lulismo foi construído sobre uma grande mentira contada em detalhes fantasiosos, onde eles foram as vítimas e, os outros, seus inimigos, e por tabela, inimigos da Nação...

O projeto de poder do PT tem suas raízes na história mal contada, ou melhor, contada de acordo com as conveniências. A luta pela democracia alegada  em  discursos onde predomina a memória seletiva, em particular os da presidente Dilma, na verdade foram a continuação de atos praticados antes por grupos de guerrilheiros terroristas treinados no exterior. A renuncia do presidente Jânio Quadros (agosto – 1961) pode ser considerado o marco histórico  que antecedeu a intervenção militar no governo Goulart (1964). Isso sem esquecer que a violência armada no Brasil, promovida pelas esquerdas e estimulada pela revolução cubana (1956), já tinha raízes no país em 1935. A renúncia do presidente Jânio foi o ponto de partida para as radicalizações de grupos de decidiram se aproveitar do momento de instabilidade política para agir e por em prática as lições de luta armada treinadas na China, em Cuba e na Rússia (então URSS). Exemplos:  

‘Ligas Camponesas de Francisco Julião (1961) – treinamento em Cuba e solicitação de armamentos ao partido comunista soviético - (1957).

‘Organização Revolucionária Marxista Política Operária’ – (1961) – doutrinação e formação de militantes.

‘Partido Comunista do Brasil (1962) – ainda durante o governo de João Goulart – enviou à China um grupo de militantes para treinamento em Pequim. Em 1966 – instalação da guerrilha do Araguaia.

‘Ação Popular’ (1962) – com raízes no cristianismo, particularmente na JUC (Juventude Universitária Católica) – esta teve inicio com o exemplo da revolução cubana. (Nota: os jovens eram envolvidos em atividades culturais e aos poucos iam recebendo ‘informações’ sobre os valores do socialismo / comunismo / marxismo). Passou a integrar o PC do B (1973).

‘Grupo dos Onze’ – uma inspiração de Leonel Brizola (1963).

Portanto, tudo vinha sendo preparado antes da destituição do governo Goulart, que não se deu ao acaso;  e as medidas de repressão às ações dos que  agiam com ataques terroristas, sequestros, assassinatos, assaltos, roubos, etc. levaram à prisão membros desses grupos – entre eles a atual presidente Dilma -  foram medidas extremadas para conter o avanço das ações terroristas.

Com a anistia e a abertura política, os remanescentes da luta armada mudaram de tática. O resultado está aí aos olhos de todos. Com belos slogans produzidos por marqueteiros, eles foram ganhando espaços. O mundo oficial foi envolvido com solenidades, homenagens, honrarias, condecorações, viagens pelo mundo, discursos e na glorificação do poder. Não faria mal algum se esses governantes também tivessem ocupado o tempo em ações administrativas em favor da nação. Não tem metas, não tem projetos, não tem pudor em mentir e acusar a oposição pela situação a que levaram o país. Tratam a coisa pública como um bem particular.

Como brasileiros temos que dizer não às constantes manobras políticas de dominação, sem medo de contrariar os mandões que tudo querem controlar como se as demais pessoas fossem meros joguetes a satisfazer suas vaidades de poder e de riqueza.

 Os artifícios para enganar o eleitor como a Postura pessoal em suas aparições públicas, como: - a aparência, vestimentas, aperto de mão, nome, o discurso, a conversa, a entonação de voz, gestos, respiração, olhar, etc. já não enganam mais.  Se a primeira impressão é a que fica e o sorriso é um bom cartão de apresentação e de relacionamento, tudo isso se tornou motivo de repulsa na pratica política dos atuais governantes, pois não passa de encenação, para vender uma imagem mentirosa...

Há grupos decididos a controlar as Nações; sempre houve os candidatos a ditadores, dominadores, escravocratas doentios que se julgam acima dos demais. Em primeiro lugar visam destruir o Patriotismo, e, ao mesmo tempo, os valores mais caros do ser humano: sua dignidade através do cerceamento da liberdade individual, de sua família, de sua religiosidade, de sua cultura...


Não cabe numa Democracia esse tipo de comportamento. Mais respeito à Nação e à história. O Brasil não é um pedaço do planeta à disposição de grupelhos. É a Pátria de mais de 200 milhões de cidadãos. Muda Brasil!